O DIFERENCIAL DA NEUROCIÊNCIA NO PROCESSO DE COACHING

 

A neurociência explica que as nossas experiências marcantes  e pensamentos predominantes, mudam estruturalmente o nosso cérebro e formam novas e diferentes conexões, influenciando diretamente as nossas ações, reações, escolhas e comportamentos. Isso pode ser usado em nosso favor ou nos prejudicar de forma considerável, a depender da consciência que temos e de como lidamos com essa realidade.

 

Uma vez que compreendemos, testamos e comprovamos a importância e os benefícios do processo de coaching para apoio no desenvolvimento humano, em especial o alcance de metas e movimento real do indivíduo, equipe e até organizações,  de um determinado lugar, estado, forma para outro, que se deseja alcançar. É possível verificar que, ainda que aplicando o método, utilizando devidamente as ferramentas disponíveis e seguindo o protocolo padrão do Coaching tradicional, não alcançar os resultados concretos desejados de forma duradoura ou efetiva. Tal experiência pode ter a sua eficácia ampliada e receber um grande diferencial, se ao invés de ignorarmos, incluirmos o que a neurociência nos ensina, conforme parágrafo acima.

 

 O processo de desenvolvimento humano, deve, para ser eficaz, considerar a integralidade do ser humano e não ignorar a sua história e seus padrões de comportamento. O neurocoaching nos desafia a servir o coachee, considerando a sua história, a sua essência, o tipo de padrão de comportamento que normalmente o rege, através de um processo inteligente e maduro de escuta, conversas, perguntas e ferramentas, para que ele, não preso ao passado, mas tendo-o como referencial importante, tome decisões de mudanças reais de comportamentos, pensamentos e ações, de forma que ele não alcance apenas um objetivo, mas ao alcança-lo se perceba e chegue amadurecido e mais desenvolvido à esse objetivo.

 

Não são poucas as vezes, que em um processo de Coaching, o coachee reconhece que há padrões que o impedem de avançar não só na área relativa ao processo em sim, como também em muitas outras questões pessoas, pois trata-se de quem ele é e como ele chegou até o lugar atual.

 

Ao considerar os pensamentos, emoções, somatizações, mecanismos de defesas e outros fatores neurais nesse processo, o Neurocoaching tende a trazer mudanças mais duradouras, o que acaba influenciando outras demandas e áreas da vida do coachee, quase que naturalmente, desde que o coach saiba conduzir o processo como é esperado.

 

Dessa forma, o bom preparo do NeuroCoach é essencial, pois não trata-se de seguir um padrão de processos, aplicar ferramentas e obter resultados, apenas de tudo isso ser parte do processo, espera-se do profissional de Neurocoaching um preparo maior e uma sensibilidade que vai além do que se faz necessário em abordagens mais padronizadas, pois uma vez que considerarmos cada indivíduo e sua história, cada processo de desenvolve de forma única e exclusiva.

 

“o coaching é uma ferramenta que age diretamente em nossa mente, consciência humana (pensamentos, emoções, percepções) a neurociência o complementa exatamente por ser o estudo científico do sistema nervoso: como ele é feito, como funciona, como se desenvolve, como modificamos nossa forma de aprendizagem, como se modifica com o aprendizado e como gera nossos pensamentos e nossas emoções. A neurociência nos apresenta respostas para perguntas importes como: de que maneira mudamos os nossos comportamento? De que forma podemos sustentar nossas mudanças? Como aprendemos e não esquecemos?”

 

Por ser um processo mais completo, a metodologia coaching + neurociência = neurocoaching, amplia as possibilidades e aprofunda os efeitos do processo de desenvolvimento, potencializando os resultados esperados, considerando o comprometimento das partes, ou seja, o Coach e o(s) Coachee(s). Portanto, é muito aconselhável a atuação dos profissionais, utilizando-se dessa metodologia que amplia as possibilidades e oportunidades em uma área de extrema importância, como a do desenvolvimento humano.

 

Novas pesquisas sobre o tema, se fazem necessárias e poderão acrescentar muito em uma área tão promissora quanto o Neurocoaching.

Please reload

Posts Em Destaque